SASE se torna tecnologia estratégica para provedores de serviços gerenciados

Prisma SASE, da Palo Alto Networks, permite que provedores de serviços globais ofereçam serviços SASE abrangentes para clientes corporativos

Por: Redação, ⌚ 17/03/2022 às 16h42 - Atualizado em 17/03/2022 às 16h42

Os provedores de serviços gerenciados (MSPs) têm se esforçado para fornecer o SASE de maneira econômica e com escala, uma vez que soluções atuais de SD-WAN e acesso seguro para a força de trabalho híbrida precisam de automação, exigindo configuração manual e suporte para produtos e modelos de API diferentes. Para resolver esse desafio, a Palo Alto Networks desenvolveu recursos para o Prisma SASE, projetado especificamente para MSPs, incluindo um portal de gerenciamento de nuvem multitenant hierárquico e uma estrutura de API aberta.

 

O novo portal de gerenciamento usa controle de acesso granular baseado em função (RBAC na sigla em inglês), a fim de fornecer a flexibilidade de gerenciar vários clientes com necessidades diferentes enquanto fornece controle em todo o ciclo de vida dos serviços SASE. De acordo com Anand Oswal, vice-presidente sênior de segurança de rede da Palo Alto Networks, os MSPs precisam fornecer soluções de acesso seguro consistentes para força de trabalho híbrida e serviços SD-WAN aos clientes com o TCO mais baixo possível.

 

“Até agora, isso tem sido muito difícil. Com o Prisma SASE para MSPs, podemos cumprir a promessa de uma empresa segura com a máxima facilidade de uso, tanto para nossos parceiros provedores de serviços gerenciados quanto para seus clientes, além de ajudar a atender aos requisitos exclusivos de segurança de rede e SD-WAN.”

 

Além do novo portal de gerenciamento de nuvem multitenat hierárquico, o Prisma SASE inclui os seguintes recursos de MSP:

 

1.Um gateway de API que fornece uma estrutura de API aberta e permite que os MSPs se integrem à infraestrutura de back-end e que automatizem fluxos de trabalho.

 

2.Fornecimento de insights sobre SD-WAN e métricas de segurança de rede enquanto destaca problemas críticos em todos os tenants gerenciados. Isso ajuda os MSPs a acelerar a solução de problemas e cumprir os SLAs dos seus clientes.

 

3.Gerenciamento de identidade e acesso (IAM) que permite que os MSPs utilizem seus armazenamentos de identidade para evitar a duplicação de usuários e funções em diferentes sistemas, fortalecendo significativamente a segurança e a governança da rede.

 

4.Criação flexível de serviços, que oferece aos MSPs a flexibilidade de criar um catálogo de ofertas diferenciadas e atribuir facilmente esses novos serviços ao seu conjunto hierárquico de clientes, fornecendo uma solução SASE altamente personalizável.

 

/ VEJA TAMBÉM



/ COMENTÁRIOS