Palo Alto Networks anuncia recursos adicionais para o Prisma Cloud

A plataforma ganhou recursos adicionais que estarão disponíveis no final de abril de 2020

Por: Redação, ⌚ 26/03/2020 às 18h05 - Atualizado em 26/03/2020 às 18h05

Esta versão oferece às equipes DevOps e SecOps visibilidade e segurança adicionais, com recursos avançados de “mudança para a esquerda” (shift left – quando o DevOps realiza testes antecipados para prevenir falhas) e gerenciamento central de políticas de CI / CD, além de vários outros recursos de segurança do host e melhorias na arquitetura.

 

Esses aprimoramentos capacitam as organizações a implementar a segurança da nuvem em todo o ciclo de vida do DevOps em qualquer nuvem e pilha e, finalmente, unem linhas de negócios anteriormente divididas em direção a um objetivo comum: implementação de uma metodologia DevSecOps para impulsionar inovação, escalabilidade e crescimento seguros dos negócios.

 

A Plataforma de segurança nativa Prisma Cloud incorpora segurança ao ciclo de vida do DevOps.

 

Novos recursos incluem:

 

Verificação de Infraestrutura como Código (IaC): Verifique modelos de IaC com políticas prontas para uso e configurações personalizáveis para configurações inseguras, permitindo que os clientes ofereçam inovação ao mercado mais rapidamente, mantendo a tranquilidade de que aplicações e cargas de trabalho nativos na nuvem são seguros.

Gerenciamento centralizado de políticas de CI / CD: defina políticas para controlar os fluxos de trabalho de integração contínua (CI – Continuous Integration) e entrega contínua (CD – Continuous Delivery) diretamente do painel do Prisma Cloud, simplificando a segurança nativa da nuvem e consolidando o gerenciamento de riscos na nuvem.

Verificação da Amazon Machine Image (AMI): verifique se há problemas de segurança nas AMIs antes de serem implantadas, o que capacita as equipes de DevOps para impedir vulnerabilidades na produção e oferecer maior visibilidade da postura de segurança das aplicações em nuvem.

Proteção automática serverless (sem servidor) para o AWS Lambda: proteja as funções do AWS Lambda com um clique, diretamente no console, o que significa que proteger aplicações sem servidor é mais fácil, rápido e não requer que as equipes do DevOps instalem manualmente wrappers em seu código.

 

Os novos recursos estarão disponíveis para os clientes no final de abril de 2020.

 



Newsletter

Alex Amorim
Rangel Rodrigues
Rangel Rodrigues
Graça Sermoud

/ VEJA TAMBÉM



/ COMENTÁRIOS