Redes 5G e IoT utilizam novas tecnologias de proteção

Suporte a protocolos especializados de Internet das Coisas, firewall e gerenciador de empacotamento de alto desempenho para redes 5G busca garantir segurança de dispositivos

Por: Redação, ⌚ 12/04/2017 às 15h18 - Atualizado em 12/04/2017 às 15h18

A F5 Networks anunciou soluções as operadoras de telecomunicações otimizarem, protegerem e monetizarem suas redes para a oferta de serviços 5G e IoT (Internet das Coisas). “Além disso, as novas tecnologias F5 reduzem o TCO do ambiente das operadoras e garantem a segurança da rede, dos dispositivos de acesso e das aplicações”, disse Rita D’Andrea, country manager da F5 no Brasil. “Nosso diferencial é habilitar serviços e modelos de negócios realmente inovadores, capazes de aumentar a retenção de clientes da operadora e expandir seu Market share”.

 

Hoje, a tecnologia F5 Networks está presente em todas as operadoras de Telecomunicações do Brasil. A empresa resolve os desafios de segurança e performance, também, de outras 100 operadoras globais.

 

As soluções para redes 5G e IoT são um novo Carrier Class Firewall, o F5 BIG-IP Policy Enforcement Manager e um empacotamento de altíssimo desempenho do NFV 40G Virtual Edition. Outra novidade é o suporte a protocolos IoT especializados, como Message Queuing Telemetry Transport (MQTT), tecnologia essencial para garantir a segurança dos tão vulneráveis dispositivos IoT.

 

Mercado de US$ 1,29 trilhões até 2020

 

O novo portfólio da F5 vai ao encontro de análises feitas pelo instituto de pesquisas IDC, que informa que o mercado de IoT chegará à marca dos US$ 1,29 trilhões até 2020 – isso acontecerá a uma taxa de crescimento anual de 15,6%. A Frost & Sullivan, por outro lado, indica que, na mesma data, cada pessoa contará com até 5,1 dispositivos IoT conectados. Tendência semelhante foi identificada pelo time de analistas do Internet of Things Institute – um novo relatório indica que 65% de 1.000 executivos de negócios de operadoras globais entrevistados concordavam que quem sair na frente com a melhor oferta IoT terá sólidas vantagens em seus negócios.

 

O mesmo raciocínio se aplica à importância estratégia de se organizar, hoje, os ambientes 5G das operadoras. Segundo relatório da Ericsson Mobility, até 2022 haverá 550 milhões de conexões 5G e 29 bilhões de dispositivos conectados em uso – desse total, 18 bilhões serão devices IoT.

 

As novas soluções para redes 5G e IoT incluem:

 

Exploração do potencial das redes NFV

 

Para ajudar as operadoras de telecomunicações a se prepararem para a complexa demanda que reúne redes 5G, IoT e a nuvem, a F5 está lançando o NFV 40G Virtual Edition de alto desempenho. NFV significa Network Functions Virtualization. Agora fica mais fácil expandir, conforme a demanda de negócios, a capacidade dos provedores de serviços de escalar redes com arquiteturas. Isso é feito por meio da camada de software, de forma flexível e ágil.

 

Suporte aos protocolos IoT

 

Para ajudar os provedores de serviços a otimizarem e tornarem segura a rede que dará vazão ao explosivo crescimento do tráfego IoT, a F5 está anunciando o suporte a protocolos IoT especializados, como Message Queuing Telemetry Transport (MQTT). A F5 está também reforçando seu suporte a IoT com soluções para Segurança, Acesso e Autenticação em IoT.

 

Aprimoramentos em SGi-LAN

 

Com a nova versão do BIG-IP Policy Enforcement Manager, a F5 Networks está consolidando sua liderança de mercado para serviços de rede SGi-LAN Camadas 4-7. As novas funcionalidades incluem opções de licenciamento capazes de disponibilizar novos níveis de flexibilidade e controle da rede, capacitando os operadores a desenvolverem seus use cases (templates) ao longo do tempo.

 

Carrier Class Firewall e a luta contra os ataques DDoS

 

Os principais aprimoramentos ao Carrier Class Firewall dinâmico end-to-end da F5 incluem conhecimento de assinante/política para o BIG-IP Advanced Firewall Manager, capacidades mais robustas para a luta contra os ataques DDoS, e integração de segurança e logging com SevOne. Isso proporciona uma plataforma de infraestrutura digital que atua até as pontas da rede da operadora. Além disso, a integração de Carrier Class Firewall e Carrier Grade NAT capacita as operadoras a lidarem facilmente com a transição de suas redes para o endereçamento IPv6.

 

Operadoras em plena fase de transformação digital

 

De acordo com Rita D’Andrea, a F5 está trabalhando com diversos clientes locais e globais para demonstrar suas novas tecnologias 5G, IoT, NFV e multi-nuvem. “As operadoras estão vivendo um momento de intensa renovação, em que o futuro de seus negócios será definido por sua adesão à transformação digital”.

 

Um exemplo disso é a Orange Telecom, operadora de serviços móveis e de Internet na Europa e na África. Nesta empresa, a solução da F5 é usada para facilitar o gerenciamento de tráfego móvel virtualizado – o que promove o lançamento de novos serviços móveis nessas geografias. Graças a isso, um novo serviço de “acesso controlado pelos pais” pode ser introduzido em redes móveis da Orange. Com isso, os pais podem assinar, ativar e controlar instantaneamente serviços on-demand, sem qualquer interação física nos dispositivos de seus filhos.

 

A Telenor Denmark, por outro lado, vem desde 2015 trabalhando com a F5 em um projeto de aprimoramento de TI para apoiar sua transformação de uma telco tradicional para um provedor de serviços digitais multifacetado.

 

/ VEJA TAMBÉM



/ COMENTÁRIOS