Levantamento revela aumento na busca por cibersegurança entre PMEs

Empresa de cibersegurança revela que a maioria das consultas tem origem no setor de Serviços. Regiões Sul e Sudeste dominam, mas Nordeste vem crescendo na intenção de proteger dados, sobretudo após a promulgação da LGPD

Por: Redação, ⌚ 24/06/2021 às 17h42 - Atualizado em 24/06/2021 às 17h42

A Cipher contabilizou um aumento de 10% na busca por soluções no primeiro trimestre de 2021, em comparação ao mesmo período de 2020. A estatística, segundo Paulo Bonucci, vice-presidente para América Latina, se deve ao aumento das operações online nas empresas, crescimento das atividades remotas e adoção de dispositivos móveis para as operações cotidianas das empresas – IoT.  Bonucci relata que, embora o crescimento seja geral em todos os segmentos, o setor de Serviços é quem está buscando mais soluções de segurança da informação, sobretudo nas áreas de Finanças e Healthcare.

 

Pequenas e médias aquecem o mercado

 

Habituada a atender grandes organizações, denominadas como enterprise, a Cipher vem sendo cada vez mais procurada por empresas de menor porte, tendência alavancada pela transformação digital, a entrada da LGPD e a necessidade de adequação às certificações para normas de segurança (ISO, PCI-DSS e PIN Security). Para Bonucci, o segmento das PMEs vai aquecer ainda mais o mercado de segurança cibernética nos próximos anos.

 

Quanto às soluções mais procuradas, Bonucci conta que os projetos de MSS – Managed Security Services ainda lideram. Na maioria das vezes eles são agregados a outros pacotes como certificação PCI, pentest, monitoramento do ambiente, análises de vulnerabilidades e projetos de integração com ferramentas de parceiros da Cipher.

 

“Podemos afirmar que a pandemia acelerou muito o processo de transformação digital. Essa expansão da tecnologia e suas usabilidades, especialmente com o crescimento das soluções baseadas em IoT e Inteligência Artificial, também abriu novas portas para ataques cibernéticos, aumentando a necessidade de soluções de segurança da informação que atendam, de ponta a ponta, não só empresas, mas toda a cadeia produtiva, com recursos aderentes às necessidades específicas de cada modelo de negócio”, afirma Paulo Bonucci.

 

Nordeste e Centro-Oeste aceleram a busca por cibersegurança

 

Em relação às regiões de onde partem as demandas, Bonucci comenta que a Cipher é procurada por empresas de todo o País e, tradicionalmente, organizações do Sudeste mostram maior interesse em serviços de proteção de dados. No entanto, nos últimos meses, o Sul e Centro-Oeste, estão apresentando um grande crescimento na busca por soluções de cibersegurança, movimento alavancado também pelo trabalho remoto.



Newsletter

/ VEJA TAMBÉM



/ COMENTÁRIOS