Italtel incorpora tecnologia de segmentação Guardicore em seu portfólio

Provedora de serviços de segurança da informação passa a ofertar recursos de microssegmentação para proteção dos ativos de TI de seus clientes dentro e fora dos tradicionais perímetros de segurança

Por: Redação, ⌚ 03/07/2020 às 17h59 - Atualizado em 03/07/2020 às 17h59

A Guardicore anuncia acordo com a Italtel MSSP (Managed Security Services Provider) para incorporar a tecnologia Guardicore à sua plataforma de serviços gerenciados de segurança. A Italtel MSSP é a primeira empresa provedora de serviços de segurança da informação no Brasil a oferecer recursos de microssegmentação para proteção dos ativos de TI de seus clientes dentro e fora dos tradicionais perímetros de segurança.

 

O cliente pode escolher contratar da Italtel MSSP somente a monitoração da Guardicore e fazer a integração com seu SOC (Security Operations Center), ou contratar o serviço completo, incluindo todas as frentes que o MDR (Managed Detection and Response) da Italtel aborda.

 

Adonias Filho, Sales Manager Sênior na Italtel, responsável pelo desenvolvimento do mercado de Segurança da informação no Brasil e América Latina, e Claudio Felice Merulla, COO da Italtel Digital Security, observam que entre os diferenciais da Italtel MSSP está o fato de não somente levar seus serviços a empresas de todos os setores da economia, mas também de todos os tamanhos. A carência de profissionais da área e o fato de apenas 10% das empresas no Brasil contarem com orçamento específico para segurança configuram uma demanda que a Italtel MSSP pretende atender com serviços diferenciados e de alta qualidade.

 

Por que a parceria com a Guardicore

 

Para escolher seus parceiros, a Italtel MSSP se baseou nos desafios apontados por estudos das mais conceituadas empresas globais de análise de mercado para hoje e para os próximos anos. Um desses desafios mostra o cibercrime pelo menos três a quatro anos à frente das principais tecnologias hoje existentes no mercado.

 

Assim, a empresa identificou na plataforma Guardicore as características necessárias para enfrentar com sucesso os desafios futuros, encurtando a distância entre as ferramentas de defesa e os ataques criminosos.

 

“Estávamos procurando precisamente tecnologias disruptivas capazes de apresentar métricas avançadas de proteção, e a microssegmentação – que isola cargas de trabalho e ativos de TI, evitando a contaminação entre máquinas, aplicações e fluxos de trabalho – e isso é o que Guardicore nos oferece”, diz Adonias. “

 

A necessidade desta tecnologia vem sendo sentida há muito tempo. Mas, infelizmente, de modo geral os projetos de segmentação fracassam em função do pouco entendimento do que se passa na rede. A Guardicore vem preencher essa necessidade, oferecendo visibilidade e contexto para que as equipes de segurança possam rápida e facilmente propor regras para segmentação, micro e até mesmo nanossegmentação.

 

Ele explica que, nesse cenário, a característica essencial trazida pela Guardicore é a visibilidade. A partir daí pode-se propor regras de separação, de segmentação, de microssegmentação, de nanossegmentação. “E com a Guardicore eu consigo fazer isso rapidamente. E com estabilidade. Ou seja, sem problemas”.

 

Serviços gerenciados de segurança

 

A Italtel MSSP conta com três divisões, cada uma com uma peculiaridade importante para servir ao mercado de maneira inovadora:

 

Advisory Services é a divisão responsável pela área de consultoria e cuida, basicamente, de governança. Esse departamento traz a inteligência para os serviços prestados pela Italtel, permitindo criar projetos capazes de embutir a visão de cada tipo de negócio na implementação da tecnologia, trazendo mais valor para o cliente.
Competence Center, incluindo a Threat Intelligence, de características avançadas e singulares, especialmente considerando-se Brasil e América Latina. Realiza monitoramentos profundos e minuciosos para localizar a origem de fraudes e de todos os tipos de crimes cibernéticos. E conecta-se a centrais de outras empresas, capazes de complementar o trabalho de inteligência da própria Italtel.
Plataforma MDR (Managed Detection and Response), propriamente encarregada de identificar as ameaças reais a seus clientes e mitigá-las com a atuação das ferramentas que a compõem. Adonias ressalta que a plataforma da Italtel “é diferente porque primeiro buscamos compreender o negócio de cada cliente, através da equipe de governança, para depois saber exatamente o que precisa ser aplicado com relação às regras do monitoramento. É dentro dessa estrutura, é dentro desse bloco, desses diferenciais, que eu quero agregar o valor que ser um MSSP Guardicore vai trazer ao mercado”.
 

/ VEJA TAMBÉM



/ COMENTÁRIOS