Empresa divulga ferramentas para verificar sistemas afetados por ransomware

Tecnologias da ESET combatem e revertem problemas gerados pelo WannaCryptor (WannaCry) e algumas variantes da família Crysis

Por: Redação, ⌚ 24/05/2017 às 18h22 - Atualizado em 24/05/2017 às 18h22

A ESET anuncia o lançamento de duas ferramentas úteis para combater e reverter os problemas gerados pelo ataque do ransomware WannaCryptor (WannaCry) – que afetou mais de 200 mil computadores em todo o mundo – e algumas variantes da família ransomware Crysis, que adiciona extensões .wallet e .onion em arquivos afetados e que é uma das mais difundidas na América Latina.

 

A primeira ferramenta, que pode ser acessada pelo link EthernalBlue Vulnerability Checker, verifica se o sistema operacional Windows tem o patch de atualização que previne a execução do exploit EthernalBlue, que estava por trás da recente epidemia do ransomware WannaCryptor e que também pode ser usado para propagar outras ameaças, como BitCoinMiner, entre outras aplicações maliciosas.

 

“O EternalBlue foi detectado na rede da ESET em 25 de abril, antes da explosão da ameaça WannaCryptor. Assim, nossos usuários foram protegidos contra esse exploit e suas variantes. O que confirma a importancia de ter uma solução de segurança instalada para proteger todos os dispositivos que acessam a internet”, afirma Camillo Di Jorge, Presidente da ESET Brasil.

 

A segunda ferramenta gratuita lançada pela ESET é um identificador de ransomware. Ele ajuda vítimas a verificarem se estão infectadas por variantes ransomware Crysis, uma das mais propagadas na América Latina, que usa uma extensão para adicionar os arquivos criptografados .wallet e .onion.

 

Ambas as ferramentas estão disponíveis para download da página da ESET:

 



Newsletter

/ VEJA TAMBÉM



/ COMENTÁRIOS