ANPD apura suposto vazamento de dados de cartão de crédito

Dados como senhas, e-mails, telefones, CPFs estariam à venda no mesmo fórum que comercializou as informações do megavazamento que expôs 223 milhões de CPFs em janeiro deste ano

Por: Redação, ⌚ 01/03/2021 às 18h25 - Atualizado em 01/03/2021 às 18h37

A Autoridade Nacional de Proteção de Dados (ANPD) informou em nota divulgada na última sexta-feira (26) que está apurando um possível novo vazamento de cartões de crédito que pode ter exposto 12 milhões dados pessoais de brasileiros, divulgado na última semana.

 

De acordo com matéria publicada pelo Estadão, dentre os dados vazados estão nome, e-mail, telefone, CPF, senhas de acesso e números de cartões de crédito. A reportagem apurou que dados foram colocados à venda no mesmo fórum da deep web que em janeiro vazou mais de 220 milhões de CPFs. O hacker teria publicado uma amostra do banco de dados e estava cobrando até US$ 50 mil.

 

Em nota, a ANPD comunicou está analisando o caso e tomará as providências que forem cabíveis:

 

“Diante das notícias veiculadas na imprensa da possibilidade de 12 milhões de brasileiros estarem com suas informações e números de cartões de crédito expostos na internet, a Autoridade Nacional de Proteção de Dados informa que está analisando a questão à luz da Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais e tomará as providências que forem cabíveis”, diz a nota divulgada.

 

*Com informações da ANPD. 

/ VEJA TAMBÉM



/ COMENTÁRIOS