Fraudes em venda online de autos chega a 37 mil nos primeiros quatro meses do ano

Por: Redação, ⌚ 05/06/2023 às 16h44 - Atualizado em 16/06/2023 às 16h58

Mesmo com queda de mais de 54% em relação ao mesmo período de 2022, compradores e vendedores devem ficar atentos

A internet facilita muito a vida dos brasileiros, possibilitando resolver muitas coisas a poucos cliques no celular. No entanto, é importante ficar atento para evitar cair em golpes. A OLX, maior plataforma de compra e venda online no país, lança um estudo de mercado sobre o universo das fraudes na compra e venda de veículos online. De janeiro a abril de 2023, foram identificadas 37,4 mil fraudes na compra e venda de veículos online. Comparando com o mesmo período do ano passado, houve uma queda de 54%, no entanto, ainda é preciso ficar atento.

“Tecnologia e educação do usuário devem andar sempre juntas na prevenção a fraudes, uma vez que os golpistas utilizam-se de engenharia social para atrair as vítimas e aplicar os golpes, como oferecer preços abaixo da média e negócios muito atrativos. Por isso é fundamental seguir todos os processos e sempre se certificar da origem do automóvel e negociar direto com o proprietário do veículo ou representante autorizado”, explica Beatriz Soares, VP de produto da OLX.

Analisando os veículos mais visados pelos fraudadores, notou-se um aumento nas fraudes em carros fabricados em 2005, com um crescimento de 106% nos primeiros quatro meses de 2023 em comparação ao mesmo período do ano anterior. Além disso, houve um aumento de 11% nos anúncios de veículos fabricados em 2008 e de 4% nos anúncios de veículos fabricados em 2019. Os top três veículos mais visados são GOL (VW), Celta (GM) e Pálio (Fiat).

Outro dado relevante diz respeito aos preços anunciados pelos golpistas. Constatou-se que 23% das fraudes nos primeiros quatro meses de 2023, os carros anunciados apresentavam preços entre 10 e 20 mil reais. 

Entre os fatores que mais atraem os usuários ao comprar um automóvel, 55% das pessoas apontaram para a procedência do veículo. Em seguida, aparece na pesquisa a questão do valor do veículo, com 19%. A segurança ficou em último lugar na preocupação dos usuários. Apenas 10% responderam que este item é importante.

Confira abaixo as principais medidas que devem ser adotadas para se prevenir da ação dos fraudadores:

– Negociar diretamente com o proprietário do veículo ou com a pessoa que irá comprar o item, evite negociar com terceiros, como parentes, amigos ou revendedores não autorizados;

– Tire todas as dúvidas, sempre pelo chat da plataforma, evitando levar a conversa para aplicativos de mensagem, que são ambientes menos controlados;

– Sempre marque uma visita para ver o veículo presencialmente antes de fechar o negócio e prefira locais públicos e movimentados, como estacionamentos de shoppings e supermercados e vá, de preferência, acompanhado e durante o dia;

– Antes de concluir o negócio, peça uma Vistoria Cautelar em uma empresa credenciada pelo Detran e vá junto com o dono do automóvel;

– Faça o pagamento apenas em uma conta em nome do proprietário do veículo e antes de depositar, verifique os dados direto com o proprietário;

– Se está vendendo, confirme os dados bancários da conta em que o valor do veículo deve ser depositado;

– Vendedor e comprador devem ir junto ao cartório fazer a transferência e o pagamento só deve ser feito quando a transação for concluída no cartório.


/ VEJA TAMBÉM



/ COMENTÁRIOS