Segurança Digital pós Covid e o foco no elemento humano

No GS Entrevista desta semana, Daniela Hansson, líder LATAM de Segurança da DiDi|99 e Maria Teresa Tolu, gerente de Cybersecurity do Bradesco falam sobre as lições aprendidas da quarentena e como o fator pessoas está se transformando dentro das organizações

Por: Redação, ⌚ 29/06/2020 às 18h16 - Atualizado em 01/07/2020 às 17h40

Após meses de pandemia, corrida para o home office, adaptações tecnológicas e sociais, as empresas já conseguem enxergar uma saída desse modelo de trabalho remoto e entrada para o novo normal. E como a Segurança vem trabalhando em um mundo pós Covid?

 

Esse assunto está cada dia mais em alta e a TVD trouxe duas profissionais para debater no GS Entrevista. Daniela Hansson, líder LATAM de Segurança da DiDi|99 e Maria Teresa Tolu, gerente de Cybersecurity do Bradesco, falam sobre as lições aprendidas da quarentena e como o elemento humano está no centro de tudo.

 

A tríade Pessoas, Processos e Tecnologia nunca fez tanto sentido e na área de Segurança o clichê “ser humano é o elo mais fraco” tem mudando nos últimos anos. Mas para que essa chave vire dentro as organizações, é preciso transformar o discurso em prática, um caminho a ser percorrido por toda organização.

 

A conversa liderada pela jornalista e diretora da Security Report, Graça Sermoud, está disponível na íntegra no canal da TVD no Youtube. As histórias são inspiradoras e mostram como a Segurança vem liderando uma verdadeira transformação nas empresas e no conceito de transformar o ser humano no elo mais forte.

 



Newsletter

Alex Amorim
Rangel Rodrigues
Rangel Rodrigues
Graça Sermoud

/ VEJA TAMBÉM



/ COMENTÁRIOS