Privacidade questionada. Até onde os dados podem ser usados em tempos de crise?

Especialistas em Direito Digital abordam os principais aspectos sobre privacidade e os limites do uso dos dados, além dos impactos do vai e vem da Lei Geral de Proteção de dados e como as empresas estão lidando com a quarentena da LGPD

Por: Redação, ⌚ 24/06/2020 às 18h41 - Atualizado em 26/06/2020 às 18h07

Durante a 11ª edição do Congresso Security Leaders, que aconteceu semana passada em uma versão 100% online, os especialistas em Direito Digital dão uma verdadeira aula sobre privacidade e os limites do uso dos dados. Tem também um tópico sobre o vai e vem da Lei Geral de Proteção de dados e como as empresas estão lidando com a quarentena da LGPD.

 

O painel foi mediado pela diretora editorial da TVD e Security Report, Graça Sermoud, e contou com a participação de:

 

* Fabiani Borges, Advogada especialista em Direito Digital e membro do IAPP

 

*André Peixoto, Advogado e presidente da Comissão de Direito da Tecnologia da Informação da OAB-CE Danilo Doneda, PhD em Direito Civil

 

*Rony Vainzof, advogado especialista em Direito Digital e sócio do Opice Blum, Bruno, Abrusio e Vainzof Advogados Associados

 

*Walter Capanema, Coordenador de Defesa das Prerrogativas nos Processos Eletrônicos e Inteligência Artificial na OAB/RJ

 

*Fabricio Mota, membro da Comissão Especial de Proteção de Dados no Conselho Federal da OAB

 

Com o tema Humanizando a Segurança em tempos de Crise, o Security Leaders garantiu uma programação intensa de painéis, mesas redondas, palestras e keynotes. Um dos principais Congressos de Segurança da Informação e Cybersecurity transmitiu gratuitamente mais de 16 horas de conteúdo entre painéis de debates, palestras, mesas redondas e keynotes.

 

Confira na íntegra esse debate no canal da TVD no Youtube.

 

 

/ VEJA TAMBÉM



/ COMENTÁRIOS