O que o conceito SASE pode fazer pela Segurança?

TVD, em parceria com a Check Point, reuniu CISOs para desmistificar o Secure Access Service Edge – SASE e como esse modelo emergente de arquitetura de segurança e redes pode proteger um mundo altamente conectado

Por: Redação, ⌚ 11/09/2020 às 17h00 - Atualizado em 16/09/2020 às 18h48

O conceito Secure Access Service Edge – SASE, cunhado pelo Gartner desde o ano passado, está ganhando força no universo da Segurança da Informação e tudo indique que ele veio pra ficar. Diferente do CASB e das demais tecnologias como DLP, Webfilter, Endpoint Protection, etc, o SASE é uma arquitetura que engloba essas soluções, eleva o conceito Edge e é entregue como serviços.

 

Na visão de Yanis Stoyannis, Gerente de Consultoria e Inovação em Cyber Segurança da Embratel, é um tema novo e extremamente importante para a Segurança. Mas por que ele é necessário?

 

“Os Data Centers tradicionais não darão conta de processar uma grande quantidade de dados que está previsto para os próximos anos. Por isso está surgindo o conceito Edge Data Center, que aproxima o processamento do usuário entregando mais segurança, menor latência e maior largura de banda”, destaca o executivo durante a Mesa Redonda promovida pela TVD em parceria com a Check Point.

 

Segundo ele, em cinco anos o mundo poderá produzir 175 zetabybes e 70 bilhões de dispositivos de IoT conectados, além de aplicações de missão crítica, como carros autônomos, por exemplo, que também gerarão inúmeros terabites de informações. “Da mesma forma a Segurança terá que acompanhar esse ritmo, por isso o conceito Edge faz muito sentido”, completa.

 

Além de Yanis Stoyanis, a Mesa Redonda, mediada pela jornalista e diretora editorial da Security Report, Graça Sermoud, contou com a participação de Sergio Castanho, CISO da Leroy Merlin, Claudio Benavente, gerente de Segurança da Sky Brasil, Danilo Magnani, head de Arquitetura de Segurança do Banco Votorantim, Edson Sivieri, Head de IT | South America da Cushman & Wakefield, Gil Santos, Diretor de SI da Conductor, e Newton Augustin, Information Security Risk & Cyber Manager do Bradesco.

 

O debate está disponível na íntegra no canal da TVD no Youtube.

 



Newsletter

Alex Amorim
Rangel Rodrigues
Rangel Rodrigues
Graça Sermoud

/ VEJA TAMBÉM



/ COMENTÁRIOS