LGPD: Localiza valoriza o direito dos titulares

Companhia apostou na tecnologia e criou um espaço totalmente dedicado aos consumidores que desejam mais transparência e clareza em relação ao uso de suas informações pessoais

Por: Bruno Silva, ⌚ 24/09/2021 às 18h33 - Atualizado em 27/09/2021 às 19h05

Em agosto deste ano, as sanções da LGPD entraram em vigor. Depois de muitas incertezas em quase três anos de processo, a legislação agora está totalmente em vigor. Diante desse cenário, a Localiza criou um portal exclusivo de atendimento para receber solicitações dos clientes, com um time de privacidade à disposição para qualquer esclarecimento. O objetivo da companhia é trazer mais clareza sobre o uso de informações sensíveis dos titulares.

 

Para que o projeto se concretizasse, a Localizou contou com a parceria da Securiti.ai. A ferramenta implementada pela rede possui uma funcionalidade de fluxos automáticos de trabalho, além de permitir diferentes customizações, sempre de acordo com a demanda do negócio.

 

Segundo Isabela Faleiro, Advogada Sênior responsável por Privacidade da Localiza, o portal exclusivo de atendimento contém um formulário, que foi muito bem elaborado, pensado na facilidade que muitos titulares procuram.

 

“Quando o projeto é bem detalhado, ele facilita muito a busca interna, além de entregar informações confiáveis aos clientes. Estamos recebendo um grande volume de solicitações, ou seja, o resultado está muito positivo”, comenta Isabela durante apresentação no Security Leaders.

 

Desde setembro de 2020, período em que a ferramenta foi colocada no ar, 2.900 solicitações já tinham sido recebidas pela equipe de privacidade. A média tem sido de 300 por mês, variando entre, retificação, acesso e exclusão.

 

“Conseguimos fazer uma automação da plataforma com o nosso time de alteração cadastral. O pessoal de atendimento facilitou e reduziu mais de 80% das respostas manuais, isso trouxe um ganho de qualidade e de tempo para a empresa no geral”, destaca Isabela Faleiro.

 

Com resultados em evidência, já é hora de começar a pensar nos próximos passos. Segundo a executiva da Localiza, a rede pretende melhorar ainda mais as integrações em suas bases de dados, além de reduzir os gaps no processo de consultas e em solicitações de exclusões de dados.

 

“Uma das coisas que percebemos é que a mentalidade do cliente tem mudado cada vez mais e a gente sabe que ele tem conhecimento da lei. Isso desperta o interesse no entendimento do processo de uso de dados pessoais”, finaliza.

 

case completo está disponível no canal da TVD no YouTube. Conheça outros benefícios gerados com a implantação da ferramenta e o que mais mudou na rotina da rede especializada em aluguel de carros.

 



Newsletter

/ VEJA TAMBÉM



/ COMENTÁRIOS