Cultura de Segurança em todos os ambientes

Rodrigo Jorge, CISO da Neoway, destaca no Security Leaders Sul que todo programa de treinamento interno precisa conter conscientização, comportamento e cultura

Por: Léia Machado, ⌚ 12/05/2022 às 18h19 - Atualizado em 16/05/2022 às 18h02

Com o tema “Cultura de Segurança em todos os ambientes”, o CISO da Neoway, Rodrigo Jorge, abriu a programação do Security Leaders Sul na tarde desta quinta-feira (12). O tema central do Congresso aborda um atributo intrínseco das práticas de Segurança, que faz parte de políticas, sistemas e principalmente da atitude de pessoas e dos hábitos adotados por sociedade, empresas e negócios.

 

Na visão de Rodrigo Jorge, toda empresa trabalha a cultura de Segurança de forma muito particular, cada uma atua com seu nível de entendimento e aplicação do tema nos processos de negócio. “Todo programa de treinamento interno precisa conter os 3 ‘Cs’: Conscientização, Comportamento e Cultura”, diz o executivo.

 

Ele destaca que existe uma ciência por trás dos programas e treinamentos que aprofundam a cultura da Segurança nas empresas e enriquecem os processos de conscientização. “Existem diversos fatores que irão influenciar o comportamento das pessoas. O fato de um colaborador estar consciente dos riscos cibernéticos não significa que ele se importa”, alerta o CISO.

 

Na visão do executivo, o caminho dos 3 “Cs” pode ajudar a incorporar a cultura nas empresas, transformando a Segurança em um requisito transversal em todo ecossistema. “Você pode usar ferramentas de conscientização a fim de modelar o comportamento do usuário. Só assim é possível criar uma cultura de Segurança, que nada mais é do que as pessoas agindo naturalmente de forma segura”, completa.

 

De acordo com os dados do livro The Security Culture Playbook, de Perry Carpenter, menos de 3% dos gastos com Segurança têm como foco a camada humana, porém, mais de 85% das brechas remetem aos humanos. “Por isso é importante focar em pessoas, elas são o princípio e o fim da Segurança”, conclui Rodrigo Jorge.

 

No segundo semestre desse ano, o executivo lançará um livro “Usuário como Elo mais Forte da Corrente”, um guia prático para implementação de programa de conscientização, comportamento e cultura em Segurança.

 

A edição regional do Security Leaders aconteceu hoje em um novo formato, o público acompanhou presencialmente em Porto Alegre e no modelo online.

/ VEJA TAMBÉM



/ COMENTÁRIOS