Após ataque cibernético, Palmeiras suspende venda de ingressos da Libertadores

Clube adiou vendas para a segunda partida contra o Atlético Mineiro no próximo dia 10 de agosto. Em comunicado, o Palmeiras afirmou que não houve danos e, por medida de segurança, o sistema foi retirado do ar

Por: Bruno Silva, ⌚ 03/08/2022 às 15h47 - Atualizado em 04/08/2022 às 17h36

O Palmeiras foi vítima de um ataque cibernético na tarde desta quarta-feira (03). O clube decidiu adiar em seu site a venda geral de ingressos para a segunda partida contra o Atlético Mineiro, pelas quartas de final da Libertadores, que acontece no dia 10 de agosto, no Allianz Parque em São Paulo.

 

O clube não deu maiores detalhes sobre o incidente, mas afirmou em comunicado que não houve danos e, por medida de segurança, o site foi retirado do ar, impossibilitando novas compras de ingressos. Ainda não há uma previsão de retorno. O Palmeiras realiza nesta quarta-feira (03), às 21h30, a primeira partida contra o Atlético Mineiro no Mineirão em Belo Horizonte.

 

Comunicado publicado no Twitter do clube – Reprodução

 

Cada vez mais os times brasileiros estão se tornando alvos dos cibercriminosos. Em junho, o FlaTV, canal de vídeos e transmissões no YouTube do Flamengo, sofreu um ataque cibernético. Segundo relatos de usuários, o perfil começou a exibir uma transmissão ao vivo sobre bitcoins, além disso, os cibercriminosos responsáveis pela invasão chegaram a mudar a imagem da conta, trocaram as thumbs e apagaram conteúdos.

 

Em nota, o clube confirmou a invasão e ressaltou que ao identificar a ação, tomou todas as providências e conseguiu recuperar o acesso e todos os vídeos do canal. O Flamengo afirma também que não houve prejuízo financeiro ou perda de conteúdo. O time ainda chegou a brincar com o ocorrido em seu perfil no Twitter ao postar “Até o hacker se liga na FlaTV, e você tá esperando o quê? Inscreva-se no maior canal de clubes das américas!”

/ VEJA TAMBÉM



/ COMENTÁRIOS