Inteligência Artificial e a Segurança: tema é destaque no SL Brasília

Na próxima semana (23), o Security Leaders vai reunir líderes locais para debater uma série de inovações em Cyber Security e como os novos recursos de Inteligência Artificial e automação podem auxiliar no avanço da maturidade em SI nos setores públicos

Por: Redação, ⌚ 14/03/2023 às 14h06 - Atualizado em 15/03/2023 às 17h18

O Congresso Security Leaders está chegando em Brasília e reunirá os principais executivos, especialistas e profissionais de Segurança da Informação e Privacidade da região para debater os grandes desafios do setor. O evento, que será realizado no dia 23 de março em formato 100% presencial, tem a presença confirmada de Líderes e influentes do mercado de Cyber Security que, juntos, discutirão os avanços da Inteligência Artificial como uma nova estratégia de defesa. As inscrições seguem abertas e são gratuitas para usuários de tecnologia.

 

No primeiro painel da tarde, o foco da discussão é ir além do MFA como um método de autenticação. Os executivos debaterão como evoluir para o conceito Zero Trust e de que maneira a automação desses processos com recursos de AI podem ajudar os CISOs a virar o jogo e enfrentar as novas modelagens de ameaças.

 

O segundo painel está ligado ao tripé compartilhamento, consolidação e automação. Com o cibercrime crescendo exponencialmente, os líderes podem criar redes consolidadas de Segurança envolvendo não só outras áreas, mas recursos de automação com gestão centralizada dos ativos.

 

Já o terceiro está pautado nos constantes ataques cibernéticos em órgãos públicos, por conta dos dados sensíveis contidos em seus sistemas. Durante o debate, os profissionais presentes vão compartilhar os desafios e estratégias enfrentados pelos líderes deste segmento e como essas instituições podem elevar a maturidade.

 

Entre os executivos confirmados na programação da tarde do Security Leaders em Brasília, o destaque vai para Marcus Vinicius Quintella Ribeiro Gerente de Tecnologia e Informação na Funpresp-Jud, Pablo Galvez, Gerente de Soluções em Controles Internos no Banco do Brasil, Tharcísio Mendonça, CISO na Fiocruz e Marcos Tabajara, Country Manager Brazil na Appgate.

 

Rodrigo G. Pontes, Chefe da Tecnologia da Informação na Companhia do Metropolitano do Distrito Federal, Waldyr Lima Júnior, Presidente Núcleo LGPD substituto no DATASUS e Eduardo Goncalves, Country Manager Brazil na Check Point também são nomes confirmados.

 

Márcio Rodrigues, Chefe da Divisão de Segurança Cibernética do Departamento de TI no Banco Central do Brasil, fecha a programação no último painel do dia. A mediação dos painéis de debate será comandada pela jornalista e Diretora Executiva do Security Leaders, Graça Sermoud.

 

O Congresso, que tem como tema principal: Juntos estamos mais seguros, retoma o formato 100% presencial e segue com as inscrições abertas.

 

/ VEJA TAMBÉM



/ COMENTÁRIOS