NetSafe Corp aposta no setor de fraude para crescer no Brasil

Empresa planeja crescer 30% em 2019 e irá atuar com foco nos mercados financeiro, saúde, fintechs, operadoras de seguro e cartões de crédito

Por: Redação, ⌚ 21/03/2019 às 14h37 - Atualizado em 21/03/2019 às 14h37

Em 2019, a NetSafe Corp aposta no setor de fraude para ampliar sua presença no Brasil. Com uma estimativa de crescimento de 30% para este ano, a NeSafe Corp enxerga grande potencial para essa área em empresas ligadas aos mercados financeiro, saúde, fintechs, operadoras de seguro e cartões de crédito.

 

“Temos notado uma demanda crescente por soluções de combate à fraude em diversos mercados no Brasil, não apenas no setor financeiro. Por isso, em 2019 iremos intensificar nossos esforços no sentido de atrair parceiros qualificados e utilizar de nosso know-how e capilaridade para expandir nossos negócios”, explica João Miret, Diretor Geral da NetSafe Corp.

 

Recentemente, a NetSafe Corp fechou acordo com a Plus TI, empresa com sede nos Estados Unidos (Columbus – GA) e caracterizada por ser um provedor internacional e líder de soluções para proteção contra crimes financeiros. A Plus TI possui forte presença na América Latina e trabalha com um portfólio que envolve prevenções à fraude e à lavagem de dinheiro; gerenciamento de risco; atividade bancária centrada no cliente; trade finance e câmbio estrangeiro; e programa de certificação.

 

Com mais de 600 clientes ativos em sua base e uma rede de onze parceiros, a NetSafe Corp se caracteriza por contar um corpo técnico qualificado e certificado pelos principais fabricantes de soluções de segurança, além de uma equipe comercial dedicada para trabalhar com soluções e produtos ligados à fraude.

 

“Vivemos um momento em que as empresas necessitam, cada vez mais, se adaptar às regras de compliance e se proteger contra fraudes é um aspecto determinante. Por isso, a NetSafe Corp acredita no potencial deste mercado, apoiada por mais de 20 anos de experiência atuando com segurança da informação”, conclui Miret.

 

 



Newsletter

/ VEJA TAMBÉM



/ COMENTÁRIOS