Tecnologia blockchain coloca usuários no controle de sua identidade digital

Solução Trust ID Network permite que os provedores de serviços impulsionem identificações universais certificadas por órgãos confiáveis, uma vez que coloca os usuários no controle total de seus dados

Por: Redação, ⌚ 20/09/2018 às 15h15 - Atualizado em 20/09/2018 às 14h54

Quem é você e como você pode provar isto? A nova solução Trust ID Network da Gemalto permite que os usuários ofereçam aos provedores de serviços digitais respostas verificáveis e seguras a estas questões simples, mas cruciais.

 

Ao criar e gerenciar seu próprio programa de ID Digital ‘autossoberana’, os usuários podem se cadastrar em diversos serviços financeiros digitais, como eCommerce e governo eletrônico (eGovernment), sem ter que passar por processos repetidos de due diligence para cada um deles.

 

Esta abordagem inovadora e distribuída de gestão de Identidade Digital permite que os provedores de serviços impulsionem identificações universais certificadas por órgãos confiáveis, uma vez que coloca os usuários no controle total de seus dados.

 

Identidades Digitais verificadas e gerenciadas por aplicativo móvel de maneira conveniente

 

A tecnologia blockchain é ideal para apoiar os serviços de transações digitais com base em identificações verificáveis e confiáveis, sem expor dados sensíveis às ameaças de hackers e ataques cibernéticos. Com a solução Trust ID Network, o controle do usuário é facilitado por meio da Carteira Digital de ID (ID Wallet) criada; um aplicativo móvel conveniente e seguro. Aqui os usuários podem acrescentar dados pessoais às suas identidades digitais, receber a certificação destas informações e dar consentimento para compartilhar as mesmas com provedores dos serviços selecionados. Apenas ‘atestados’ emitidos por parceiros confiáveis são armazenados no serviço de blockchain, mantendo os dados pessoais sob controle exclusivo dos usuários.

 

Bancos podem impulsionar a criação de novos ecossistemas de ID Digital

 

Para cumprir com os novos regulamentos*, as instituições financeiras devem implementar procedimentos robustos de KYC (Conheça seu Cliente – Know Your Customer), rigorosa política de privacidade e proteção de dados bem como intensa autenticação do cliente. Portanto, estão idealmente posicionadas para conduzir a revolução de Identidade Digital Autossoberana.

 

Outros provedores de serviços que contam com identificações verificáveis de clientes, como serviços públicos, operadoras móveis e companhias aéreas, também podem colher benefícios significativos com esta solução, incluindo a oportunidade de compartilhar custos de gestão de Identidade. À medida que outros parceiros interessados se unem a um ecossistema de Identidade Autossoberana, identificações completas são criadas, dando suporte a uma gama ainda mais ampla de casos de uso.

 



Newsletter

Abian Laginestra
Rangel Rodrigues
Rangel Rodrigues
Rangel Rodrigues

/ VEJA TAMBÉM



/ COMENTÁRIOS