FireEye apresenta nova geração de proteção para endpoint

Solução integra capacidades de detecção e prevenção com inteligência para defesa proativa e adaptável contra ameaças

Por: Redação, ⌚ 23/10/2017 às 17h16 - Atualizado em 23/10/2017 às 17h16

A FireEye anuncia a solução FireEye® Endpoint 4.0. Esta é a versão mais recente da solução, projetada para oferecer múltiplas e integradas capacidades de detecção e prevenção, as quais reforçam significativamente a proteção e a eficácia de respostas a ameaças.

 

Ao passo que as soluções tradicionais para Endpoint baseiam-se em um método de detecção, como antivírus (AV) e Machine Learning, a FireEye Endpoint se destaca ao incorporar múltiplas técnicas de detecção integradas à inteligência de ameaças e assegurar completa visibilidade do ambiente. É projetada de forma a aprimorar a proteção e minimizar o impacto às organizações ao impedir a maior quantidade de ameaças e, ainda, fornecer informações detalhadas sobre os ataques, para facilitar e agilizar as respostas.

 

A FireEye Endpoint incorpora a inteligência sobre ameaças adquirida com mais de 200 mil horas de investigações anuais acerca de violações conduzidas pelos times em todo o mundo e as descobertas sobre os grupos e métodos de ataque. Com esta combinação, a inteligência das organizações sobre ameaças em tempo real e a inovação de produtos globais certificam para uma vasta proteção:

 

  • Atualização rápida e contínua das informações sobre ameaças a partir da inteligência adquirida pela FireEye;

 

  • Detecção e prevenção a malware integrado (AV) para interromper rapidamente as ameaças conhecidas;

 

  • Detecção e prevenção avançadas a ameaças com comportamento integrado e mecanismos de análise de exploração;

 

  • Especialistas em pesquisas apoiados por tecnologias, como Machine Learning, para encontrar, reconhecer e detalhar ameaças e suas atividades;

 

  • Certificação PCI e HIPAA da DirectDefense, uma organização independente de TI, que permite aos clientes a substituição das soluções tradicionais AV, mantendo a conformidade regulatória.

 

“Os ataques a endpoints evoluíram para além das capacidades do AV tradicional, tornando necessária uma nova abordagem. Por isso, é preciso que múltiplas técnicas de detecção operem juntas a partir de uma conexão estreita com a inteligência de infrações cometidas no mundo real e a capacidade de investigar e responder rapidamente às ameaças”, afirma Rob Westervelt, gerente de Pesquisa e de Produtos de Segurança da IDC. “A FireEye está na vanguarda ao reunir e consolidar todas essas peças em uma só oferta”.

 

“Como provedora de serviços de TI, nosso objetivo é simplificar tecnologias complexas para manter a segurança de nossos clientes. Com o FireEye Endpoint, oferecemos uma solução segura, avançada e abrangente em um único agente, de forma a reduzir a complexidade, aumentar a visibilidade e ajudar nos orçamentos”, relata Steve Cobb, diretor de Serviços de TI da One Source Communications. “Nós também implantamos a solução FireEye em nossos próprios Endpoints e, com os recursos avançados de detecção, pudemos encontrar e eliminar rapidamente ameaças que conseguem escapar de outros tipos de defesa”, complementa.

 

“Os recursos essenciais necessários para uma proteção moderna de Endpoint são detecção e prevenção que impedem ataques e garantem visibilidade para compreender uma atividade maliciosa, além de assegurar inteligência atualizada”, explica Grady Summers, CTO da FireEye. “Essas capacidades são ampliadas pela integração com a plataforma FireEye Helix, a qual entrega uma visão completa das operações de segurança – desde o Endpoint, passando pelo e-mail, à rede e até mesmo por soluções de terceiros”, arremata.

 

O FireEye Endpoint 4.0 está disponível desde o fim de setembro e pode ser implantado na nuvem e no local, virtual ou híbrido.

 



Newsletter

Abian Laginestra
Rangel Rodrigues
Rangel Rodrigues
Rangel Rodrigues

/ VEJA TAMBÉM



/ COMENTÁRIOS