Federação inglesa reforça cibersegurança para Copa do Mundo 2018

Associação de futebol da Inglaterra enviou carta à Fica expressando temor de que informações sigilosas, como lesões, estratégias e táticas, sejam vazadas antes de partidas do Mundial, devido a ataques de um grupo que suspeita-se ter laços com agência de espionagem russa

Por: Redação, ⌚ 12/09/2017 às 15h53 - Atualizado em 12/09/2017 às 15h53

A Associação de Futebol da Inglaterra (FA) reforçará a segurança cibernética para a Copa do Mundo de 2018 na Rússia devido a ataques virtuais de um grupo que se suspeita ter laços com uma agência de espionagem russa, de acordo com reportagens.

 

A FA enviou uma carta à Fifa expressando o temor de que informações sigilosas, como lesões, estratégias e táticas, sejam vazadas antes de partidas do Mundial, segundo jornais britânicos.

 

Os jogadores e a comissão técnica da Inglaterra foram aconselhados a não usarem wifi público na Rússia, incluindo as conexões oferecidas no hotel da seleção.

 

De acordo com reportagens, a FA também fortaleceu firewalls, adotou senhas criptografadas e tem diretrizes severas para os jogadores quanto ao uso de redes sociais.

 

A Inglaterra, que lidera o Grupo F com 20 pontos, pode garantir sua participação na Copa do Mundo com uma vitória sobre a Eslovênia em sua penúltima partida das eliminatórias, em Wembley, no dia 5 de outubro.

 

Em agosto, o grupo de hackers Fancy Bears vazou informações antidoping relacionadas a jogadores e disse que mais de 150 deles foram reprovados em exames em 2015.

 

Em abril, a Associação Internacional de Federações de Atletismo (IAAF) disse ter sofrido um ataque cibernético que acredita ter exposto informações sobre os prontuários médicos de atletas.

 

Governos ocidentais e especialistas de segurança ligaram o grupo a uma agência de espionagem russa à qual se atribuíram operações cibernéticas realizadas durante a eleição presidencial dos Estados Unidos de 2016. A Rússia negou ter interferido na votação.

 

* Com informações da Agência Reuters

 



Newsletter

Graça Sermoud
Marcos Semola
Ronaldo Hayashi
Joaquim Garcia

/ VEJA TAMBÉM



/ COMENTÁRIOS