Apple desistiu de plano para criptografar backups após reclamações do FBI, dizem fontes

O longo conflito sobre segurança entre os investigadores e o desejo das empresas de tecnologia pela privacidade dos usuários voltou aos holofotes na semana passada, quando o procurador-geral dos EUA, William Barr, pediu publicamente para a Apple desbloquear dois iPhones usados por um oficial da Força Aérea Saudita que matou três norte-americanos em uma base naval de Pensacola, Flórida, no mês passado.

Quem investe em segurança da informação financeira?

Carlos Baleeiro, Country Manager da ESET no Brasil, acredita que a tecnologia já é base de importantes evoluções no setor de finanças, por ter um alto padrão de segurança para lidar com quantidades excessivas de dados e uma enorme agilidade para reduzir processos de transações e contratos.




Newsletter

Alex Amorim
Rangel Rodrigues
Rangel Rodrigues