Serviços mundiais de segurança baseados em Nuvem crescerão 21% em 2017

Segundo o Gartner, o crescimento desse mercado apresenta tanto oportunidades como desafios para os fornecedores; Gerenciamento de Acesso e Identidade (IAM) e segurança de web e e-mails continuam sendo as três prioridades em cloud das organizações

Por: Redação, ⌚ 07/07/2017 às 17h51 - Atualizado em 12/07/2017 às 17h52

O Gartner, Inc. estima que os serviços mundiais de segurança baseados em Nuvem continuarão crescendo, chegando a US$ 5,9 bilhões em 2017, um aumento de 21% em comparação ao ano anterior. Eles apresentam um crescimento maior do que a média do mercado de Segurança da Informação, devendo alcançar US$ 9 bilhões até 2020 (tabela 1).

 

“Gerenciamento de Acesso e Identidade (IAM) e segurança de web e e-mails continuam sendo as três prioridades em Nuvem das organizações. Os principais serviços direcionados a elas, incluindo o Gerenciamento de Eventos e Informações de Segurança (SIEM) e IAM, além de serviços em ascensão, apresentam o mais significativo potencial para crescimento. As ofertas emergentes estão entre os segmentos de rápida expansão e incluem capacitação de inteligência de ameaças, sandboxes de malware e criptografia de dados baseados em Nuvem, gerenciamento de proteção de endpoint, inteligência de ameaças e Firewalls para Aplicações da Web (da sigla em inglês WAFs)”, afirma Ruggero Contu, Diretor de Pesquisas do Gartner.

 

Tabela 1: Previsão global de serviços de segurança baseados em Nuvem por segmento (milhões de dólares)

 

 

Segmento 2016 2017 2018 2019 2020
Segurança de gateway de e-mail 654,9 702,7 752,3 811,5 873,2
Segurança de gateway de web 635,9 707,8 786,0 873,2 970,8
Autenticação de usuário IAM e IDaaS 1.650,0 2.100,0 2.550,0 3.000,0 3.421,8
Análise remota de vulnerabilidade 220,5 250,0 280,0 310,0 340,0
SIEM 286,8 359,0 430,0 512,1 606,7
Testes de segurança de aplicações 341,0 397,3 455,5 514,0 571,1
Outros serviços de segurança baseados em Nuvem 1.051,0 1.334,0 1.609,0 1.788,0 2.140,0
Total 4.840,1 5.850,8 6.862,9 7.808,8 8.923,6

 

IDaaS – Identity and Access Management as a Service

Nota: Os números podem não somar o total em função de arredondamento.

Fonte: Gartner (Junho de 2017)

 

As pequenas e médias empresas (PMEs) apresentam um papel importante nesse desenvolvimento conforme seus líderes se tornam mais conscientes das ameaças de segurança. Esse setor também tem percebido que a adoção de aplicações em Nuvem oferece oportunidades de redução de custos, principalmente nos equipamentos de segurança de energia e refrigeração baseados em hardware e no espaço utilizado para Data Centers.

 

“A Nuvem é o meio natural de escolha para as PMEs. Sua facilidade de implementação e gerenciamento, custo baseado no uso e características simplificadas tornam esse modelo de entrega mais atraente para organizações que dispõem de menos recursos”, explica Contu.

 

O setor corporativo também está influenciando esse crescimento conforme as organizações entendem os benefícios operacionais derivados dos modelos de entrega de segurança baseados em Nuvem. Na Conferência do Gartner, analistas explicarão que esses modelos continuarão sendo uma opção popular para as práticas de segurança, com sua implementação expandindo para controles como sandboxes e WAFs baseados em Nuvem. Os especialistas ainda irão explorar o resultado da pesquisa do Gartner conduzida em 2016 que demonstra que a Nuvem Pública será o principal modelo de entrega para mais de 60% das aplicações de segurança até o final de 2017.

 

“A habilidade de alavancar controles de segurança que são entregues, atualizados e gerenciados em Nuvem – e, portanto, que demandam menos tempo e custo de implementação e manutenção – representa um alto valor para as organizações”, diz o Diretor de Pesquisas do Gartner.

 

Segundo o Gartner, o crescimento do mercado de serviços de segurança baseados em Nuvem apresenta tanto oportunidades como desafios para os fornecedores. “Por um lado, a nova demanda por ambientes inexplorados resultante dos requerimentos das Pequenas e Médias Empresas está impulsionando o crescimento. Por outro, novas dinâmicas competitivas e práticas alternativas de precificação ameaçam os modelos tradicionais de negócios. O importante é que uma das principais áreas em que os fornecedores devem focar relaciona-se à mudança de proprietário e vendedor de um produto para a venda e suporte de serviços”, completa Contu.

 

/ VEJA TAMBÉM



/ COMENTÁRIOS