Falha em chips colocam computadores e celulares em risco

Vulnerabilidades encontradas em chips da Intel, AMD e ARM Holding permitem que cibercriminosos tenham acesso a informações sensíveis; correções causariam queda de performance e prejudicariam serviços em nuvem; Intel afirma que métodos não têm a capacidade de corromper, modificar ou excluir dados

“Machine Learning é essencial para a Segurança”

Para especialista da Palo Alto Networks Brasil, empresas devem adotar tecnologias imediatamente, embora reconheça que a adoção é lenta e exige amadurecimento do tema; cenário para 2018 será de ataques focados em IoT e em nuvem pública

Protegido: O “ADC” da disponibilidade

Pico de tráfego na rede, sobrecarga de processamento e memória ou até mesmo um ataque hacker são alguns exemplos de imprevistos que ocorrem diariamente em companhias de todos os portes. O cenário está levando empresas a buscarem soluções que ajudem no balanceamento e gerenciamento das aplicações, os chamados ADCs (Application Delivery Controller)

Quais ciberameaças poderão ser exploradas em 2018?

O crescimento da IoT permitirá aos hackers maior abrangência na exploração das falhas de segurança; a tendência em tirar proveito de vulnerabilidades já conhecidas para planejar ataques de grande proporção continuará no próximo ano

Criptografia desafiará aplicação da Lei em 2018

Preocupações com a privacidade dos dados, o crescente uso da nuvem, o aumento das violações de informações e a introdução do GDPR contribuirão para o surgimento da Criptografia Ponta-a-Ponta como a maneira mais eficaz para as empresas que desejam proteger seus dados

Página 2 de 4112345...102030...Última »



Newsletter

Graça Sermoud
Marcos Semola
Ronaldo Hayashi
Joaquim Garcia